Lombalgia: a grande causa de afastamentos do trabalho pode ser prevenida

Lombalgia: a grande causa de afastamentos do trabalho pode ser prevenida

 

Praticamente mais de 80% da população já experimentou algum tipo de dor ‘nas costas’, seja de forma aguda ou crônica. Dentro deste universo, muitos brasileiros têm sofrido com problemas além do transtorno causado pela dor na coluna lombar e cervical: este sintoma tem os impedido de continuar trabalhando e forçado ao afastamento para tratamento.

Em 2017, a lombalgia foi o sintoma que mais afastou os brasileiros dos postos de trabalho. Foram 83,8 mil casos. Nos últimos dez anos, a enfermidade tem liderado a lista das mais frequentes entre os auxílios-doença concedidos pelo INSS.

A lombalgia é na verdade a dor que se reflete no fundo das costas e que nem sempre tem uma causa específica, mas que normalmente é decorrente de sedentarismo, má postura, alterações posturais e sobrecarga da coluna.

“Hoje em dia nosso corpo de forma geral é muito exigido por gestos do nosso cotidiano, seja por movimentos repetitivos ou por permanecermos longos períodos na mesma posição. Isso irá gerar desequilíbrios físicos que, juntamente com as alterações emocionais e disfunções viscerais, irão desencadear a dor. Com isso, devemos sempre evitar gerar hiperatividade de grupos musculares, como manter posturas por longos períodos ou padrões de movimento repetitivos sem a devida compensação e descanso. O ideal é manter uma rotina de atividade física, bons hábitos alimentares e sono. Com estas práticas evitamos que os músculos entrem em fadiga, por tentar nos proteger de algo que está errado, e consequentemente causarão menos alterações posturais e menos probabilidade de ter episódios de dor no nosso dia-a-dia.  afirma Diogo Iacomini, fisioterapeuta da Equipe Ergonomos.

As regiões afetadas da coluna que normalmente podem causar lombalgia são o disco intervertebral, a articulação sacroilíaca, músculos, ossos, nervos e meninges, além de hérnia de disco, artrose, síndrome miofacial e artrite reumatoide, em alguns casos.

Portanto, algumas das dicas mais importantes são direcionadas a adequar os postos e ambiente de trabalho seguindo conceitos de ergonomia e a prestar atenção, de forma recorrente, na postura praticada ao longo do dia de trabalho.

“Como citado acima devemos evitar ficar por longo período na mesma posição corporal, a fim de evitar compensação postural que pode gerar alguma dor ou desconforto”, ressalta Diogo.

Ajustar o ambiente de trabalho ao próprio bem-estar com mobiliário adequado e exercícios laborais são considerados pelos especialistas uma das estratégias preventivas mais eficientes para as dores nas costas. (Confira aqui: http://ergonomos.com.br/programa-de-ginastica-laboral/).

Ambulatório de Fisioterapia nas Empresas é a nova tendência de uma boa Gestão de Saúde Preventiva e surge com o objetivo de controlar sintomas e desequilíbrios físicos que se tornariam lesões e otimizar a recuperação dos funcionários dentro do ambiente corporativo.

A Fisioterapia como um ‘novo’ benefício melhora a integração funcionário/empresa, evita ou reduz afastamentos das atividades laborais que levariam a consultas e exames clínicos, além de trabalhar o atendimento personalizado dentro da cultura e padrões da empresa. (Veja nossos serviços: http://ergonomos.com.br/ambulatorio-de-fisioterapia/)

Além disso, o controle do peso também é uma necessidade, já que a obesidade altera a postura, compromete a coluna em um todo e pode ser ponto de partida para as dores.

Diogo Soares Iacomini: Graduado em Fisioterapia no ano de 2007, pós-graduado em Gerontologia pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), com formação em Osteopatia Estrutural (IDOT), REPCZ (Reequilíbrio Postural Conceito Zanin) e Reabilitação Vestibular (IDOT). Na Ergonomos atua como fisioterapeuta na área de traumato-ortopedia e terapia manual.

 

Leave a comment

Receba nosso informativo

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Contato

Sede Administrativa: R. Jair Salvarani, 330 Vila Oliveira – Mogi das Cruzes/SP
Telefone: (11) 2610-9995
Horário de atendimento: 09:00 às 12:00 | 14:00 às 17:00
E-mail: [email protected]

FAÇA PARTE DE NOSSA EQUIPE
Nos envie seu currículo para [email protected]

Voltar para o topo